Últimas Notícias
Estados Unidos bombardeiam a Síria. Aumenta a tensão no Oriente
Four Civilians Killed by US Airstrikes in Syria's Deir Ezzor

Estados Unidos bombardeiam a Síria. Aumenta a tensão no Oriente

Ação anterior, de Israel, foi a maior registrada nos últimos 36 anos

Os Estados Unidos atacaram a Síria. Ação foi conjunta entre os americanos, franceses e ingleses. 59 mísseis Tomahawk foram lançados contra uma base aérea Síria, como resposta a um ataque químico que matou mais de 80 pessoas. As agências internacionais fala que, neste ataque americana morreram 9 civis.

Presidente da França Emmanuel Macron

A França apoiou a decisão americana. O alerta, de que a França tambem atacaria Síria, foi dado pelo presidente Emmanuel Macron, na terça-feira, 13 de fevereiro de 2018, durante coletiva no Palácio do Eliseu, em Paris.

Israel atacou a Síria em fevereiro.

Israel lançou no sábado10 de fevereiro de 2018 o que considerou o maior ataque contra defesas aéreas da Síria em mais de 35 anos.

Foi a maior ofensiva do tipo desde a guerra do Líbano de 1982, também conhecida como 1ª Guerra do Líbano, segundo Tomer Bar, general das Forças Aéreas Israelenses.

Naquele ano, Israel invadiu o sul do Líbano e o conflito acabou por envolver a Síria.

Helicóptero tipo Apache, Israelense, utilizado para derrubar o drone iraniano que invadiu o espaço aéreo de Israel.

A ação militar de Israel foi centrada contra defesas aéreas sírias depois que um drone iraniano lançado da Síria foi avistado e interceptado em território israelense.

Durante a ofensiva, um caça israelense foi abatido por forças sírias e caiu no norte de Israel. Os pilotos tiveram que se ejetar – e um deles está gravemente ferido.

Israel respondeu, então, com uma segunda ação de ataques contra alvos militares iranianos e sírios “em operação dentro da Síria”.

Segundo o correspondente da BBC no Oriente Médio Tom Bateman, os ataques aéreos de Israel na Síria não são atípicos, mas a derrubada de um jato israelense eleva a tensão entre os dois países.

O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu convocou reunião de emergência com os chefes das Forças Armadas do país. Ele disse que Israel quer paz, mas que se defenderia “contra qualquer ataque ou qualquer tentativa do Irã de se estabelecer contra nós na Síria”.

O que aconteceu?

O foguete usado pelos sírios, para derrubar o caça israelense, é de fabricação russa. O F-16 caiu em um campo aberto perto da cidade de Harduf, no norte de Israel. Os pilotos não foram atingidos e conseguiram se ejetar da aeronave. Eles foram hospitalizados, e um deles está “gravemente ferido”, informaram as Forças Armadas de Israel

Sobre Paulo Roberto Machado